Futebol no Planeta

Philippe Coutinho merece aplausos

Terminou bem a síndrome de abstinência de jogos do Liverpool. O empate, que serviu com sobra para a sequência na Liga Europa, na casa dos rivais, teve sabor de vitória

É verdade que Clyne e Milner, improvisado de lateral esquerdo, sofreram. No entanto, o meio com Can e Hendo centralizados; Lallana e Coutinho mais pelos lados e Firmino encostando em Sturridge deixava bem claro que o adversário sofreria também. Vale destacar que Sakho e Lovren também foram bem e Mignolet mostrou segurança quando foi exigido.

O Pequeno Mágico fez os companheiros se renderem ao seu talento com o golaço que fez na casa dos rivais

O Pequeno Mágico fez os companheiros se renderem ao seu talento com o golaço que fez na casa dos rivais

O tempo vai passando e o time vai ganhando jogos, classificações e confiança. Klopp tem conseguido vender bem as suas ideias de jogo e o time se mostra melhor distribuído em campo e determinado.

Sim, é óbvio que eliminar o rival, na casa dele, tem um sabor especial. E é mais óbvio ainda que o gol marcado por Coutinho vai ser lembrado e relembrado por muito tempo.

O Pequeno Mágico foi genial. Driblou, carregou a bola e já sabia que daria um tapa nela para vencer De Gea. É muito legal ver a emoção do alívio na comemoração dele.

O time melhor encaixado e confiante já permite acreditar em outros sonhos bons.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful