Futebol no Planeta

O time da Juventus que criou treinadores

A Juventus pode ter não conquistado títulos na temporada 2000-01, mas contava com uma verdadeira seleção e que marca o futebol até hoje, mesmo que a maioria já tenha se aposentado como atleta. Passados 15 anos desde aquela campanha, boa parte daquele elenco segue no esporte na função de treinador.

Vice-campeão italiano e eliminado na primeira fase de grupos da Uefa Champions League, o plantel de 2001-02 era comandado por Carlo Ancelotti e contava com dois nomes que vieram a se tornar uns dos principais treinadores na atualidade: Zinedine Zidane e Antonio Conte.

Zidane fazia sua última temporada pela Juventus, antes de se transferir para o Real Madrid, no qual seria um dos astros e conquistaria a Champions em 2002. Depois de se aposentar, o francês se preparou para ser técnico e assumiu o próprio Real em janeiro, levando a equipe ao título europeu. Na atual temporada, os madrilenhos lideram o Campeonato Espanhol com seis pontos de vantagem.

Já Antonio Conte passou por equipes pequenas da Itália como treinador – chegou a ser campeão da Séire B com o Bari em 2008-09 – antes de assumir a própria Juventus em 2011, com a qual seria tricampeão italiano. O ex-capitão do clube assumiria a Itália em 2014 e acertou com o Chelsea na atual temporada, na qual vê seu time liderar a Premier League com três pontos de vantagem.

Além da dupla consagrada dentro do campo e à beira dele, outros 11 nomes viraram técnicos. Veja quem são:

Ciro Ferrara 

ex-zagueiro de Juve, Napoli e seleção italiana, ele começou a carreira como auxiliar na Itália (foi campeão do mundo em 2006) e chegou a comandar a Juventus na temporada 2009-10, mas não empolgou. Depois, o ex-atleta de 49 anos passou por Itália sub-21 e Sampdoria e neste ano passou a comandar o Wuhan Zall, da segunda divisão chinesa, após três anos e meio sem trabalhar como treinador.

Paolo Montero

O ex-zagueiro uruguaio de 45 anos começou na profissão como técnico na base e também como interino no Peñarol. Em março de 2016, acertou com o Boca Unidos; em junho, foi para o Colón de Santa Fe, da primeira divisão argentina.

Igor Tudor

O ex-zagueiro da seleção croata começou a comandar em 2013 o Hajduk Split, clube no qual começou e se aposentou como jogador. Depois de dois anos, foi contratado pelo PAOK e acabou demitido antes do fim da temporada 2015-16. Desde junho, o ex-atleta de 38 anos treina o Karabükspor, da primeira divisão turca.

Filippo Inzaghi

Icônico atacante da Juventus, da seleção italiana e sobretudo do Milan, Pippo, de 43 anos, começou treinando na base do Milan e assumiu o time principal em 2014-15. Sem encantar, deixou o clube ao final da campanha. Após um ano sem trabalhar como técnico, ele assumiu o Venzezia no meio deste ano e faz boa campanha na terceira divisão.

Mark Iuliano

O ex-zagueiro de 43 anos teve apenas uma experiência como treinador no Latina, da segunda divisão italiana, em 2015. Porém, ficou menos de um ano.

Alessandro Birindelli

O ex-lateral de 42 anos trabalhou como auxiliar na seleção de Zâmbia e também no Dínamo Bucareste. Entre um trabalho e outro, dirigiu o Pistoiese, que estava na quarta divisão nacional, por pouco mais de um mês. Neste ano, começou a trabalhar como comandante do time sub-17 do Empoli.

Juan Esnáider

O ex-atacante argentino com passagem por Real Madrid e Atlético de Madri fez boa parte de sua carreira como técnico na Espanha. Depois de ter começado como assistente no Getafe, o ex-jogador de 43 anos passou por Zaragoza B e Córdoba, antes de assumir o Getafe em abril deste ano, após ter ficado três anos sem trabalhar. Demitido em setembro, Esnáider assumiu o JEF United Chiba, da segunda divisão japonesa, no fim de novembro.

Alessio Tacchinardi 

O ex-volante de 41 anos passou pela base do Pergolettese e do Brescia e retornaria ao Pergolettese para duas passagens como técnico da equipe principal, sendo que a última terminou ao final da temporada 2015-16 com o 14º lugar em sua tabela na Série D italiana.

Gianluca Zambrotta

O ex-lateral de Barcelona, Juventus e Milan e que foi campeão mundial com a Itália começou a carreira como técnico em 2013 no Chiasso, clube pelo qual encerrou a carreira. Desde junho de 2016, o ex-jogador de 39 anos treina o Delhi Dynamos, da Índia.

Edgar Davids

O renomado ex-volante, que jogou por Ajax, Milan, Juventus, Barcelona, Inter de Milão e Tottenham, teve só uma experiência como técnico. Ele chegou em 2012 ao Barnet, da quarta divisão inglesa, pelo qual foi jogador e treinador, e deixou o comando da equipe no começo de 2014.

Athirson

O ex-lateral esquerdo de Flamengo e Bayer Leverkusen começou a carreira como técnico no ano passado pelo São Cristóvão. Depois de ter passado pelo Flamengo-PI, o ex-jogador de 39 anos assumiu o Alecrim em setembro.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful