Futebol no Planeta

Os clubes europeus estão malucos?!

Desde que o futebol é futebol, fatores como amor à camisa e rivalidade sempre nortearam as histórias das equipes de um dos esportes mais amados do mundo. Até por isso, é impossível não nos lembrarmos de grandes jogadores que marcaram época em nossos clubes do coração e que infernizaram a vida dos rivais.

Clássicos como River Plate x Boca Juniors, Flamengo x Fluminense, Internacional x Grêmio, Palmeiras x Corinthians, Real Madrid x Barcelona, Inter de Milão x Milan, Porto x Benfica, Bayern de Munique x Borussia Dortmund, Manchester United x Manchester City, Liverpool x Everton, Arsenal x Chelsea, são apenas alguns dos exemplos de grandes clássicos mundiais que são regados a muita paixão e rivalidade.

Cada vez mais o dinheiro tem mandado no futebol. Até aí tudo bem, já que o esporte realmente movimenta muita grana pelo mundo. No entanto, aquele sentimento de pertencimento do jogador para com o clube e aquela identificação do ídolo está cada vez mais frágil, já que os principais jogadores das equipes vira e mexe acabam negociados para outros times e muitas vezes deixam de fazer história em sua equipe do coração por “alguns milhões a mais”, que normalmente vem disfarçado de “estou em busca de novos desafios”.

Fato é que, até uns anos atrás, seria imperdoável ver um dos ídolos de uma equipe trocar seu time por um rival. Só que com o dinheiro em primeiro lugar, essa loucura tem se tornado cada vez mais normal, e só nessa janela tivemos várias vezes esse movimento.

Dizem que de todas as leis, a única que não falha é a “Lei de Ex”. E pensando nisso, montamos um Top 10 de transferências de jogadores diretamente para rivais.

1 – Higuaín, Caldara e Bonucci

Gonzalo Higuain no Milan

Na temporada passada os torcedores da Juventus receberam um duro golpe ao verem um de seus ídolos, Leonardo Bonucci, saindo de Turim e indo para o Milan. Não bastasse essa traição, na atual janela o zagueirão está de volta à Juventus, em negociação que levou o atacante Gonzalo Higuaín e o zagueiro Mattia Caldara para o lado vermelho de Milão.

2 – Radja Nainggolan e Davide Santon

Radja Nainggolan assina pela Inter de Milão

Um dos maiores ídolos da Roma atual, o irreverente Nainggolan surpreendeu nesta janela ao trocar a Roma, equipe que até outro dia jurava amor eterno, pela Internazionale de Milão. No caminho contrário, o lateral-esquerdo Davide Santon foi para a Roma e deve jogar com muito mais frequência na temporada.

3 – Tomas Rincón

Tomas Rincón assina pelo Torino

Apesar de não ser um nome tão badalado, o venezuelano Rincón chamou a atenção ao trocar a Juventus pelo Torino, principal rival da cidade de Turim, após uma temporada emprestado para os Toros.

4 – Leon Goretzka

Leon Goretzka assina pelo Bayern de Munique

Conhecido mundialmente por enfraquecer seus rivais e trazer craques mundiais a preço de banana, o Bayern de Munique atacou novamente e levou uma das principais promessas alemãs, Leon Goretzka, para sua equipe sem desembolsar nem um real, já que assinou pré-contrato com o jogador ex- Schalke 04, clube que só pode lamentar a perda. Vale lembrar que casos recentes de Lewandowski, Gotze e Hummels apontam para a trairagem do Bayern de Munique, que tornou o Borussia Dormtund uma presa fácil.

5 – Willen Geubbels

Willen Geubbels assina pelo Mônaco

Com apenas 16 anos e uma das maiores promessas do Lyon, Geubbels trocou a equipe pelo Mônaco por 20 milhões de euros. Apesar de não ser um jogador tão conhecido mundialmente, assim que a lei do ex entrar em ação os torcedores do Lyon sentirão falta do garoto que saiu ainda jovem da equipe.

6 – Kylian Mbappé

Kylian Mbappé assina pelo PSG

Após ser emprestado pelo Mônaco ao Paris Saint-Germain, a transferência de Mbappé, revelação da Copa do Mundo, foi concretizada por 135 milhões de euros, e confirmou uma das transações mais loucas da Ligue 1 e que serviu apenas para reafirmar o total domínio do PSG na Liga Francesa, enfraquecendo muito seu principal rival atualmente.

7 – Rodri

Rodri assina pelo Atlético de Madrid

O volante espanhol de 22 anos é mais um jogador considerado promissor na Espanha. Por isso, o Atlético de Madrid agiu rápido e capturou os serviços de Rodri junto ao Villarreal por 20 milhões de euros.

8 – Lenglet

Clement Lenglet assina pelo Barcelona

A exemplo do Bayern de Munique, o Barcelona é outra equipe que ama usar seu poderio financeiro para pegar grandes jogadores de times rivais. Nessa temporada a vítima foi a mesma de sempre: o Sevilla. A equipe sempre sofre ataques do clube catalão e dessa vez perdeu um de seus principais jogadores, o zagueiro Clément Lenglet, já que o Barça pagou sua multa recisória de 35,9 milhões de euros.

9 – Odriozola

Odriozola assina pelo Real Madrid

Mas não é só o Barcelona que aterroriza as equipes de menor expressão da La Liga. O Real Madrid é outro que ama trazer jogadores de seus rivais. Nessa temporada foi o lateral-direito Álvaro Odriozola, de apenas 22 anos. O lateral foi um dos destaques da Real Sociedad na última temporada, e por isso foi comprado por 30 milhões de euros pelos merengues, que tem dinheiro sobrando.

10 – Riyad Mahrez

Ryad Mahrez assina pelo Manchester City

Desde a temporada dos sonhos 2015/2016, o Leicester City tem vivido um verdadeiro pesadelo, já que tem perdido pouco a pouco seus principais nomes do título para equipes mais fortes financeiramente. Na temporada retrasada foi Kanté e Drinkwater, na passada tentaram levar o Mahrez, e na atual janela de transferências o poderoso Manchester City conseguiu enfim fisgar o argelino, em transação de 67,8 milhões de euros.

One Comment

  1. Pingback: Os clubes europeus estão malucos!? Hoje quem dá mais leva! - Futebol no Planeta - Futebol 24h

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful